PE. LEONARDO INÁCIO PEREIRA

Padre Leonardo Inácio Pereira nasceu em Farroupilha, em 30 de Maio de 1977. No mesmo dia de seu nascimento passou a residir em Caxias, no bairro Marechal Floriano, junto com seu pai e sua mãe e suas duas irmãs. Foi em Caxias que ele teve toda sua formação. Estudou nos Colégios São Carlos e Cristovão de Mendoza.  

Depois de dois anos de discernimento vocacional, junto com os padres Mario Pedrotti e Joone Fachinelli, vigários da Paróquia Santo Antônio, naquela época e, junto com o então Pe. Leomar Brustolin, vice-pároco da Catedral de Caxias e responsável pelo grupo de oração para jovens São Luis Gonzaga, onde Pe. Leonardo começou seu caminho vocacional, decidiu entrar no Seminário.
Sua primeira experiência vocacional foi no em Caravaggio, onde estudou no Seminário Propedêutico. Em 1997 teve sua iniciação na doutrina da igreja e nos caminhos vocacionais rumo ao sacerdócio. Depois esteve em Viamão por sete anos onde concluiu o curso de filosofia e teologia.

Foi ordenado sacerdote em 12 de dezembro de 2004 na Igreja de São Pelegrino pelo bispo Dom Paulo Moretto. A partir de então foi  vice-reitor do seminário São José em Caxias, seminário este responsável pela formação filosófica dos seminaristas. Aos finais de semana auxiliava nas Paróquias Nossa Senhora Mãe de Deus e Nossa Senhora das Graças, em Carlos Barbosa e Arcoverde, respectivamente. Durante um ano foi coordenador do serviço de animação vocacional da diocese. A seguir esteve no Seminário Propedêutico, em Farroupilha, agora na função de reitor do Seminário e auxiliar do Santuário de Caravaggio. Permaneceu ali por 4 anos.

Depois desse trabalho, estudou Teologia Bíblica, em Roma, na Universidade Gregoriana, onde fez o seu mestrado, cuja tese é intitulada: “Análise retórico-literária de 1Cor 1,18-25”.  Em agosto de 2014 veio para a  Paróquia de São Pelegrino como padre auxiliar do pároco Padre Mário Pedrotti. E em 28 de fevereiro de 2015 recebeu a posse como o novo pároco de São Pelegrino e Nossa Senhora da Pietà.


PE. MARIO BENVENUTO PEDROTTI

Nasceu em 09 de janeiro de 1933. Seus pais se chamavam Pedro Pedrotti e Luiza Boniatti. Seu único irmão se chama Emílio Pedrotti
Fez seus estudos primários no Grupo Escolar Henrique Emílio Meyer. A seguir ingressou no Seminário Diocesano Nossa Senhora Aparecida (1946), quando tinha 13 anos. Ali permaneceu até 1953. De 1954 a 1960, passou a residir em Viamão, no Seminário Maior Nossa Senhora da Imaculada Conceição, onde realizou os estudos de Filosofia e Teologia. Foi ordenado sacerdote em 3 de julho de 1960, na Catedral Diocesana de Caxias do Sul, pelas mãos de Dom Benedito Zorzi. Em 1996, participou de um curso para formadores de Seminários Maiores, promovido pelo CELAM, em Santafé de  Bogotá. Em 1971 realizou um curso de Pós-Graduação na área da Pedagogia e Orientação Educacional.
Seu ministério sacerdotal exerceu em diversas localidades:
1961 – atuou como coadjutor paroquial do Pe. Eugênio Giordani, na Paróquia São Pelegrino.
1962-1963 – atuou como coadjutor paroquial na Paróquia Santo Antônio, em Bento Gonçalves e como assistente do Círculo Operário, no mesmo município.
1964-1965 – voltou a atuar como coadjutor na Paróquia São Pelegrino, em Caxias do Sul, além de ser professor do Colégio São Carlos.
1966-1967 – Atuou como coadjutor paroquial em Torres, na Paróquia São Domingos. Além de dirigir a Rádio Maristela. Foi também neste período, Provedor do Hospital N.Sra. dos Navegantes e também professor no Colégio São Domingos.
1968-1979 – Foi nomeado Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. Exerceu no período de 1972 a 1979, o cargo de professor na escola em que fez os estudos primários, Escola Henrique Emílio Meyer.
1980-1985 – Foi o reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, além de diretor e professor da Escola interna do Seminário.
1985 – em 18 de março, com a morte do então pároco Pe. Eugênio Giordani, foi nomeado administrador paroquial.
Em 14 de dezembro do mesmo ano, foi nomeado pároco da Paróquia São Pelegrino.
1993 – A partir de fevereiro deste ano, tornou-se também pároco da Paróquia Santo Antônio, em Caxias do Sul.
1995 – Além das duas paróquias, coordenou a Equipe Diocesana de Ecumenismo.
1996-2000 – Foi o diretor espiritual do Seminário Propedêutico, em Caravaggio.
1996-2004 – Além de Pároco de São Pelegrino e de Santo Antônio, recebeu o encargo de Vigário Geral da Diocese.
2015 – Nomeado Pároco-emérito da Paróquia São Pelegrino e Nossa Senhora da Pietà.